Postagens

Mostrando postagens de 2012

Campanha de Natal

Imagem
Antes de mais nada, queremos agradecer a todos que participaram da doação de presentes que realizamos.
Tanto pelas cartinhas dos correios, que foram mais de 80 cartinhas contempladas, como na doação dos brinquedos que entregamos às crianças da CMEI Carlos Alberto Pereira de Oliveira. Foi um momento emocionante onde todos puderam presenciar o carinho deste gesto tão precioso e que é a principal mensagem do Natal: o amor entre as pessoas.
Queremos neste momento desejar a todos que acompanham o blog:  pais, alunos, ex-alunos, professores e toda a equipe GAIA, um Feliz Natal! Que seja realmente um Natal com seu espírito de amor e de renovação de todas as esperanças. E que em 2013 essa paixão pela vida se renove, se mantenha e cresça sempre, junto com nossas crianças.










COMEÇO DO FIM DE ANO....

Última semana de aula. É tempo de se despedir e dizer até logo. Aos que encerram seus percursos conosco, desejamos todo o sucesso nesta caminhada, acompanhados de muitas alegrias e conquistas. E estamos aqui, já com saudades, o coração apertado, com aquela vontade de dizer: fiquem um pouco mais! Mas, aqui já foi feito tudo e agora é hora de novos horizontes, novos amigos, novas aventuras! Boa sorte amiguinhos!!! Um abraço bem forte! Apareçam quando quiserem!
Mas, ainda tem tempo, faltam alguns dias. E ainda tem acantonamento, amigo secreto e muitas festas!!! Vamos LÁ!!!

Natal é ser solidário

Imagem
Queremos agradecer a todos os pais que participaram com o "Papai Noel dos Correios". A várias cartinhas que pegamos dos Correios foram acolhidas pelos pais e vários brinquedos já chegaram. Além disso, a nossa campanha de doação de brinquedos usados recebeu diversos deles em excelente estado. Nosso muito obrigado!!! Quem ainda não participou, ainda tem tempo. Vamos fazer um Natal mais feliz para todos.

Data que vale ser lembrada

No dia de hoje a Assembléia Geral da ONU, em 1959, fiscalizada pela UNICEF, proclamou a Declaração Universal dos Direitos da Criança e do Adolescente, para que toda e qualquer criança no mundo tenha o direito a uma infância plenamente saudável nos âmbitos físico, moral, emocional e psicológico.

Por isso o dia 20 de novembro é também conhecido como o Dia Universal das Crianças!

Fonte: Fundação Abrinq

Cursar a 1ª série antes dos 6 anos não é bom, dizem especialistas

Na reportagem da revista Veja, especialistas afirmam que crianças de 5 anos ainda não possuem as competências necessárias para ingressar no ensino fundamental. Márcia Malavasi, coordenadora do curso de pedagogia da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), afirma que não há por que antecipar a entrada dos filhos no ensino fundamental e que o ideal é que todas as crianças frequentem a pré-escola primeiro. “Colocar uma criança tão nova dentro de uma sala de aula, nos moldes como é hoje, para ficar sentada tendo aulas expositivas, pode ser penoso para ela”, considera.
 Educadores concordam que na faixa dos cinco anos a criança precisa de espaço maior para se movimentar e brincar e tem o tempo de atenção limitado. Maria Regina Maluf, pós-doutora em psicologia e professora da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), afirma que nesta idade é muito difícil ficar sentada, por exemplo, por uma hora e meia ouvindo o professor falar. “Aos 6 e 7 anos a criança tende a estar mais…

Vacinação contra gripe começa neste sábado

Atenção, não se esqueçam... No próximo sábado (5), ou o Dia D, inicia a campanha nacional de vacinação contra a gripe. A dose de imunização estará disponível gratuitamente em todos os municípios do Paraná, em seis mil postos de atendimento. O púlbico alvo são pessoas com 60 anos, e acima desta idade, gestantes em todas as etapas da gravidez e bebês entre seis meses e dois anos incompletos.
Maiores informações, veja na FONTE.

Uma visita muito agradável

Ontem tivemos uma visita muito especial. Recebemos os alunos da APAE de Santa Felicidade para conhecer nossa escola e retribuir a visita que fizemos na Páscoa para eles.
Para receber esta visita as crianças prepararam um lanche bem gostoso, a turminha do maternal I cantou uma musica e todos participaram. Foi muito legal!
Esta visita fez parte do projeto deste mês (abril) "Educação Básica de qualidade para todos", onde acreditamos que a inclusão e o respeito pelas diferenças fazem parte desta ideia.

Oito jeitos de mudar o mundo

Imagem
No decorrer deste ano de 2012 trabalharemos com  os 8 jeitos de mudar o mundo, um programa mundial da ONU que visa melhorar a qualidade da vida humana..
No mês de março trabalhamos com o jeito 1: : ACABAR COM A FOME E A MISÉRIA. Dentro deste tema,  vimos os índices de mortalidade infantil e miséria de nosso estado, trabalhamos com a importância da alimentação saudável, realizamos diferentes culinárias com o reaproveitamento dos alimentos, utilizando suas casca, e, devido a proximidade da Páscoa, fizemos uma campanha de doação de chocolates. Os alunos das turmas do PRÉ I e II entregaram as doações  à  APAE, com a ideia de que criança tem fome de chocolate também!
No mês de abril trabalharemos o jeito 2: EDUCAÇÃO BÁSICA E DE QUALIDADE PARA TODOS. Aguardem!

O violino encantado

Imagem
Na primeira semana deste mês tivemos o prazer de receber Anderson Lacerda, violinista, integrante da Orquestra Filarmônica Bachiana SESI-SP e professor de cordas da Fundação Bachiana, que realizou um Workshop com os alunos da Gaia. Através de um método lúdico Anderson ensinou noções básicas de como segurar um arco corretamente. Para isso brincou com as crianças fazendo com a mão um "cachorrinho". As crianças adoraram e ficaram encantadas com o instrumento e seu som.


Questões acerca da adaptação - Revista Nova Escola

Crianças inseguras, pais angustiados e sofrimento diante da separação iminente. Esse não precisa ser o retrato do início dos pequenos na creche. É possível diminuir o desconforto e proporcionar uma adaptação tranquila e saudável para os bebês e sua família. A fase de acolhimento na Educação Infantil é diferente para cada faixa etária e requer atenção redobrada com bebês de até 2 anos. Afinal, quase tudo é novidade para eles: a convivência com outras crianças e adultos (além do círculo mais próximo), as brincadeiras com a areia...

O primeiro passo é conhecer bem a criançada. Entender seus costumes e medos ajuda a elaborar o planejamento. "Quando percebem que o educador sabe coisas que as fazem se sentir bem, elas ficam mais calmas", diz Rosa Virgínia Pantoni, mestre em Psicologia e coordenadora de assistência social da Creche Carochinha, ligada à Universidade de São Paulo (USP).

Antes de receber a turma, é fundamental ler com atenção todas as informações contidas na ficha de an…